Apoio à Tomada de Posição “Desmilitarizar a Cibersegurança”

A AP2SI concorda com e apoia a Tomada de Posição: “Desmilitarizar a Cibersegurança” publicada pela APDSI Portugal, assim como as recomendações de alteração à Proposta de Lei nº 119/XIII.

Já em 2012, em entrevista ao Tek.Sapo a propósito da criação do CNCS, havíamos manifestado a nossa opinião de que o âmbito de atividade do Centro deve ser transversal à sociedade civil e dotado de autonomia e meios necessários para o exercício das suas funções e do cumprimento da estratégia nacional relativamente a este tema – à semelhança do que acontece noutros países da Europa.

Tal como foi partilhado pelos vários especialistas na Conferência ocorrida na semana passada dedicada ao tema “Resiliência Digital de um Estado Democrático” o contexto atual é cada vez mais agressivo para as instituições públicas e privadas. (Disponível para download e visualização em Video 1; Video 2).

Deste modo entendemos que é clara a necessidade de uma entidade autónoma que disponha dos meios adequados e das competências necessárias aos riscos a que a sociedade se encontra sujeita, bem como um posicionamento que lhe permita tratar de igual para igual com as outras entidades que participam nestas temáticas.

A Direção

Anúncios